Curta esse post nas redes sociais!

O tradicional Bloody Mary é um dos drinques mais famosos da história. Seu nome dramático, que em português significa “Maria Sangrenta”, já que o drinque é vermelho e o suco de tomate é o grande responsável pela cor.

Cabe lembrar que entre os anos de 1920 e 1933, vigorou nos Estados Unidos a lei que ficou conhecida como a “Lei Seca”, que estabelecia que nenhuma bebida poderia ser vendida contento mais do que 0,5% de álcool em sua composição. O contrabando e a produção ilegal propiciaram o surgimento de bebidas alcoólicas com qualidade e gosto duvidosos, e a única maneira de consumi-las era através da mistura de sucos, refrigerantes e outros ingredientes. Nesta época, os clientes americanos procuravam por uma bebida de aparência e teor alcoólicos mascarados e pasmem: o Bloody Mary foi à saída perfeita para confundir as autoridades.

O segredo do sucesso deste drink está no equilíbrio da sua mistura. O suco de tomate e o gelo neutralizam o tempero, sem tirar a personalidade. É um excelente drinque para começar uma refeição, abrindo o apetite.

Outra grande qualidade atribuída ao Bloody Mary drink é a sua capacidade de curar ressacas. Isso mesmo! Drinques salgados são ótimos para isso. O suco de tomate, salsão e o limão ajudariam a metabolizar mais rapidamente o álcool.

Receita do Bloody Mary Drink

banner bloody mary

60 ml de vodka

150 ml de suco de tomate

15 ml de suco de limão

2 gotas de tabasco

15 ml de molho inglês

Sal e Gelo

 

Modo de preparo:

Crustar a borda de um copo long drink com limão, sal e reservar. Em seguida, adicionar em outro copo o suco de tomate, o suco de limão, o tabasco, uma pitada de sal, o molho inglês, a vodka e o gelo. Misturar e coar sem deixar cair o gelo (repetir o processo 3x). Servir no copo inicialmente reservado com gelo. Para decorar utilizar 1 talo de cenoura, 1 talo de aipo, 1 ramo de alecrim e 1 gomo de limão.

 

Compre pelo site: www.emporiobasilico.com.br

“O Bloody Mary drink é o coquetel mais complexo do mundo”.

Comentários

comentários


Post navigation


Pin It on Pinterest

Share This